Notícia SINASEFE IFSul

11 de junho 2021

Bolsonaro diz que vai desobrigar uso de máscara por vacinados e por quem já foi infectado

Bolsonaro diz que vai desobrigar uso de máscara por vacinados e por quem já foi infectado O presidente Jair Bolsonaro anunciou na tarde desta quinta-feira (10) que pretende desobrigar o uso de máscara de proteção a pessoas que já foram vacinadas contra a covid-19 ou que já tenham sido infectadas pela doença. A declaração foi feita em discurso durante evento do Ministério do Turismo no Palácio do Planalto.“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, o nosso ministro da Saúde, e ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados, para tirar esse símbolo que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, disse o titular do Planalto.Atualmente, estados e municípios têm regulamentações próprias sobre o uso de máscaras em espaços públicos para conter a propagação do coronavírus. Além disso, uma lei aprovada no ano passado, com trechos vetados pelo própria Bolsonaro, mas cujos vetos foram derrubados no Congresso, também determina o uso de máscaras cobrindo a boca e o nariz nos veículos de transporte por aplicativos, táxis, ônibus, trens, aeronaves ou embarcações de uso coletivo fretados.Também ficou obrigatório o uso nos estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos, escolas, unidade prisionais e de cumprimento de medidas socioeducativas, e demais locais fechados em que haja reunião de pessoas.O próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vem defendendo o uso do equipamento de proteção. Em depoimento na CPI da Covid, ele afirmou: “Se todos os brasileiros usassem máscaras, teríamos efeito quase igual ao da vacinação. Então, usar máscara é uma obrigação de todos os brasileiros, [assim como] evitar aglomerações fúteis”, disse.O aspecto mais importante, no entanto, é que a declaração de Bolsonaro vai na contramão das orientações de infectologistas e organizações internacionais que trabalham para conter a tragédia causada pela pandemia. Tanto pessoas vacinadas quanto aquelas que já tiveram a doença podem ser contaminadas e transmitir o coronavírus, na ausência de cuidados, como o uso de máscaras.
Fonte: Sul21